Câmara TL Setembro

Obesidade infantil: gestores municipais têm até 17 de setembro para aderir à estratégia de prevenção

Facebook Twitter

Obesidade infantil: gestores municipais têm até 17 de setembro para aderir à estratégia de prevenção

Termina na próxima sexta-feira (17/09) o prazo para que municípios possam aderir ao incentivo financeiro para a implementação de ações da Estratégia Nacional de Prevenção e Atenção à Obesidade Infantil (Proteja). O programa foi instituído pelo Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde, com o objetivo de deter o avanço da obesidade infantil e contribuir para o cuidado e para a melhoria da saúde e da nutrição das crianças.
Os municípios que se encaixam nos critérios estipulados pelo Ministério poderão fazer adesão por meio do Sistema de adesão a incentivo financeiro para a estruturação da Atenção Primária à Saúde (APS), disponível no portal e-Gestor.
Os recursos estabelecidos para o Proteja destinam três parcelas de R$31,9 milhões por ano, durante três anos, para cidades de até 30 mil habitantes que registraram, em 2019, excesso de peso em mais de 15% das crianças menores de 10 anos.
De acordo com o Estudo Nacional de Alimentação e Nutrição Infantil (Enani), 7% das crianças brasileiras menores de cinco anos estão com excesso de peso e 3% estão com obesidade. Visando enfrentar esse cenário, neste ano, a campanha contra a obesidade infantil do Ministério da Saúde reforça a responsabilidade de todos por cuidar e incentivar crianças a adotarem uma alimentação saudável e praticar atividades físicas.
A campanha também ressalta a atuação da pasta na articulação de ações intersetoriais de promoção da saúde, prevenção e atenção à obesidade infantil.

Campanha SetembroTCE

Compartilhe e faça seu comentário