UFMS retira Enem como forma de ingresso na instituição no próximo processo seletivo

Facebook Twitter

- Arquivo/Correio do Estado

UFMS retira Enem como forma de ingresso na instituição no próximo processo seletivo

O Conselho Universitário da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) aprovou a retirada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) como forma de ingresso na instituição em 2021.

Ficou decidido, por 49 votos a 10, que 80% das vagas no primeiro semestre de 2021 será para o vestibular e 20% para o Processo de Seleção Seriada (PASSE). Já no segundo semestre do próximo ano, será 40% para o vestibular, 40% para o Sisu e 20% para o PASSE.

A decisão foi contra o movimento realizado por estudantes da UFMS. Com a hashtag #FicaSisuNaUFMS, os alunos se mobilizaram nas redes sociais e chegaram a ficar em 5º lugar nos assuntos mais comentados do Brasil.

Além disso, os universitários mandaram e-mails para convencer os conselheiros a votarem contrários a proposta.

"São muitos anos de preparo para chegar em outubro e falarem que não vai vão usar o Enem", declarou Márcia Gomes, professora da Universidade e integrante do Conselho.

A justificativa usada pela UFMS para aprovar a medida, foi de que o calendário letivo da instituição seria prejudicado.  

O início das aulas está previsto para 15 de março de 2021. Já as provas do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem), que gera as notas para a seleção do Sisu, está marcado para os dias 17 e 24 de janeiro, com resultados previstos para serem divulgados a partir de 29 de março.  

A incompatibilidade com as datas faria com que a matrícula pelo Sisu ocorresse somente em meados de abril.


Aline Moura
Eldorado aniversário MS

Compartilhe e faça seu comentário