Criança de 6 anos é internada em estado grave após ser picada por escorpião

Facebook Twitter

Criança de 6 anos é internada em estado grave após ser picada por escorpião

A criança de 6 anos picada por um escorpião na véspera de Natal em Campo Grande está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica do Hospital Regional. O médico Sandro Benites, coordenador do Centro Integrado de Vigilância Toxicológica (Civitox), disse ao Correio do Estado que o paciente respira com ajuda de aparelhos e o estado de saúde segue gravíssimo, dependendo de remédios para manter o desempenho do coração.

Segundo ele, o acidente aconteceu na casa de um vizinho. Esse é o único detalhe sobre o caso divulgado até o momento.
Inicialmente levada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Universitário, foi transferida devido aos cuidados específicos que a situação demandava.

Crítico

Apenas no primeiro semestre de 2019, mais de 500 pessoas foram picadas por animais peçonhentos em Campo Grande, conforme noticiou o Correio do Estado em agosto. Os meses de abril a julho com maiores incidências de casos, com 227 procurando atendimento nas unidades de saúde por conta das picadas, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau).

A orientação é que, em caso de acidente, a pessoa vá imediatamente até uma unidade de saúde, onde será medicada e ficará em observação para controlar uma possível reação alérgica ao veneno do animal.

Caso seja possível, também é orientado tentar colocar o animal em um recipiente com álcool, evitando contato e novo acidente, e levá-lo ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), para que seja identificado a espécie do animal e definida quais medidas devem ser tomadas para a extinção do artrópode na residência.

Outra recomendação é é manter sempre o quintal limpo. Folhas acumuladas, restos de materiais de construções que estão guardados sem utilidade, garrafas e outros inservíveis – itens que permanecem reservados, mas que não têm mais uso – são abrigos perfeitos para os animais.

Latas de lixos e caixas de gordura mal fechadas também, já que nesses locais existem restos de comidas que atraem insetos que são alimentos aos escorpiões.
Aline Moura
Plenitude WebTv

Compartilhe e faça seu comentário