TCE Novembro

Veneno para ratos colocado em chumbinhos matou macacos-prego

Facebook Twitter

Reprodução

Veneno para ratos colocado em chumbinhos matou macacos-prego

Os cinco macacos-prego encontrados mortos em Mundo Novo - distante 470 quilômetros de Campo Grande -, no início de outubro, foram envenenados com chumbinho. A investigação da Delegacia de Polícia Civil do município chegou à conclusão após perícia veterinária.

De acordo com a delegada Allana Mariele Zarelli, a apuração ainda não identificou suspeitos, tampouco motivação. Segundo ela, não há câmeras de segurança na região em que os animais foram achados, próximos a posto de combustível na BR-163. A ausência de imagens dificulta o trabalho dos policiais.

Popularmente aplicado para exterminar ratos, o chumbinho é um produto clandestino, sem registro na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) ou nenhum outra instituição governamental.

Em geral, o veneno é utilizado em lavouras como inseticida, acaricida ou nematicida, mas acaba desviado do campo para ser usado como raticida nas cidades. O produto tem aspecto granulado, geralmente de cor cinza escuro ou grafite.

Os macacos-prego foram encontrados pela PMA (Polícia Militar Ambiental). Um deles foi ferido com tiro. Um sexto primata achado com sinais de intoxicação foi tratado, curado e devolvido à natureza.

Envenenar animais é crime previsto na Lei de Crimes Ambientais, com pena de detenção de três meses a um ano e multa.
AEMS
Plenitude WebTv

Compartilhe e faça seu comentário