PMTL - maio 2019 H1N1

Após BO por "fake news", dono de jornal de TL se retrata em rede social

Facebook Twitter

Reprodução Redes Sociais

Após BO por

Poucos dias após André Bittencourt (PSDB), presidente da Câmara Municipal, registrar Boletim de Ocorrência devido divulgação de uma falsa operação do Ministério Público Estadual (MP/MS) na Casa de Leis, o responsável pela publicação, Luiz Corrêa, resolveu pedir desculpas pelo ocorrido. Em seu perfil da rede social Facebook, o proprietário do jornal Correio de Três Lagoas acusou sua fonte pelo equívoco.

A postagem do internauta inicia-se com o pedido de retratação. “Acreditei em uma Fonte que na verdade estava me usando. Então hoje descobri que tudo ele me pediu para publicar, não passava de uma mentira. Sei que devo Desculpas a todos”, explicou. Em outro trecho da publicação, Luiz falou de sua personalidade “impulsiva” e assegurou mudança de postura. “Tento ser o melhor que posso, assumindo meu lado passivo, mas de repente já estou agindo impulsivamente e o que não era para acontecer, acaba acontecendo...Vou mudar e tentar não cometer os mesmos erros”, afirmou.

Entenda

Luizinho, como é conhecido na cidade, publicou em seu perfil a “fake news” informando que o MP estaria finalizando uma investigação contra André e outros vereadores, sendo que seus mandatos seriam "cassados a qualquer momento”, dizia o texto.

Em represália, Bittencourt emitiu nota de repúdio em suas redes sociais e anunciou o registro de um boletim de ocorrência contra o internauta. "Venho expressar o meu repúdio a esta FAKE NEWS que tem sido divulgada pelas redes sociais com o único propósito de levar mentiras a população de Três Lagoas. Essa publicação desrespeitosa do Jornalista/Proprietário do Correio de Três Lagoas, ofende a minha dignidade e desrespeita todos os servidores e vereadores da Câmara Municipal de Três Lagoas, o fato será devidamente investigado pelas autoridades competentes, e os responsáveis por sua produção e divulgação devem responder na Justiça", disse o comunicado do parlamentar.

Recentemente, Luizinho também veio a público para se retratar por outra notícia falsa sobre as demissões do secretário de Administração de Três Lagoas, Gilmar Tabone e da primeira-dama, Lidiane Ferreira, que ocupa cargo na secretaria de Assistência Social.
AEMS - Novembro 2018
Anuncie ExpressãoMS 2

Compartilhe e faça seu comentário