PMTL - julho 2019 de 15/07 a 19/07 - Queimadas

Zootecnista, profissional do futuro para um mundo sustentável

Facebook Twitter

Reprodução/Facebook

Zootecnista, profissional do futuro para um mundo sustentável

No dia 13 de maio comemora-se o Dia do Zootecnista, a decolagem do agronegócio brasileiro deve muito ao trabalho deste profissional, já que ele tem a responsabilidade do desenvolvimento da produção animal e dos produtos de origem animal. Sua importância está em contribuir diretamente com o crescimento do volume de proteína, atendendo a demanda mundial. Já, para a sociedade, sua responsabilidade está em produzir alimentos em quantidade e qualidade, atendendo as expectativas da sociedade quanto à forma de criação, abate e a comercialização dos animais.

Em homenagem a data, conversamos com Andressa Genezini dos Santos, 23 anos, Zootecnista (UFGD-Dourados/MS), Mestranda em Zootecnia (Unesp-Botucatu/SP), Três-lagoense e apaixonada pela área.

Na Zootecnia existe um triângulo de produção que seria a nutrição, o bem-estar e o melhoramento genético que seria o conjunto perfeito para a produtividade e custo-benefício, como define a jovem.  Atualmente ela está inserida em um projeto de pesquisa “trabalho com pesquisa científica e minha rotina basicamente são estudo e desenvolvimento de experimentos, onde faço análises de laboratório e testo em peixes alternativas de alimentos, com a inserção de aditivos de baixo custo, com o intuito de minimizar custo na ração e melhor aproveitamento dos nutrientes presentes na dieta”.

Apesar de ser uma profissão relativamente nova, o empenho destes profissionais vêm fazendo com que o meio se destaque e se integre dentre as demais já renomadas “A Zootecnia é uma profissão linda, onde muitos iniciam por amor aos animais e o conhecimento adquirido vai de nutrição, comportamento, manejo, melhoramento genético, bem-estar, qualidade, além da pesquisa científica. Existe um leque de opções onde o profissional pode trabalhar, que durante o curso poderá conhecer e ir para onde tem mais afinidade. O ponto principal da escolha é seguir o seu sonho e ter pessoas que te dão o suporte para isso ser possível”. O conselho de Andressa Genezini é um ponto de partida para a nova geração de profissionais, como é o caso de Mariana Lima Mata, 17 anos, cursando o 2° ano do ensino médio integrado ao técnico agropecuário, Mariana se descobriu uma admiradora dos animais ao mudar para o interior e se ver cercada em um mundo totalmente diferente daquele que cresceu. Já ingressada na área, a jovem pretende ser uma futura Zootecnista e parabeniza todos os profissionais da área pelo seu dia, visualizando em um futuro muito próprio estar recebendo as mesmas congratulações.
AEMS
Plenitude WebTv

Compartilhe e faça seu comentário