PMTL

Dupla decide outra vez contra Argentina e Time Brasil está na final do Zonal da Fed Cup

Facebook Twitter

Reprodução

Dupla decide outra vez contra Argentina e Time Brasil está na final do Zonal da Fed Cup

O Time Brasil venceu a Argentina por 2 a 1, em uma batalha épica no saibro do Club Campestre, em Medellín, na Colômbia, nesta sexta-feira, e se classificou para a decisão do Zonal Americano I da Fed Cup.

O adversário será o Paraguai, uma reedição da final de 2018, quando a equipe brasileira ficou com o vice-campeonato. O confronto, que decidirá uma vaga no Playoff para o Grupo Mundial, ocorrerá neste sábado, a partir das 13h (horário de Brasília).

Carolina Meligeni abriu mais uma vez a série e venceu Catalina Pella por duplo 6/4, em partida equilibrada de 1h37 de duração. Na sequência, Beatriz Haddad Maia acabou superada por Victoria Bosio, em outro duelo disputadíssimo, com parciais de 6/7(3), 7/5 e 7/6(4), após 2h54 de jogo.

Apesar do desgaste, Bia formou a parceria invicta com Luisa Stefani nas duplas para o duelo decisivo e venceu Pella e Jazmin Ortenzi por 7/5 e 6/3, após 1h13 de confronto. As argentinas chegaram a sacar em 5/3 para fechar o primeiro set, mas as brasileiras conseguiram duas quebras consecutivas e viraram a partida. No segundo set, conquistaram uma quebra logo no início e depois tiveram calma para fechar o confronto.

A capitã Roberta Burzagli comemorou o excelente resultado contra a Argentina e destacou o apoio da equipe como um diferencial para o triunfo. “O confronto de hoje foi bem disputado. A Carol jogou muito, taticamente e mentalmente, e conseguiu o primeiro ponto para o Brasil. No segundo jogo, a Bosio entrou sem nenhuma responsabilidade, jogou solta. A Bia ganhou o primeiro set, mas a Bosio cresceu no segundo set e ganhou no detalhe, no tie-break do terceiro set”, contou.

“Depois de meia hora tivemos que jogar a dupla e a Bia jogou muito bem. A Luisa também voleou muito. As duas jogaram muito bem juntas e conseguiram a vitória. A equipe toda estava incentivando elas. O Rafa Westrupp [presidente da CBT] e o Thomaz Koch também estavam aqui, dando força o tempo inteiro, então acho que isso foi um diferencial”, ressaltou.

Técnica da ITF há mais de 15 anos, Roberta Burzagli conhece bem as adversárias do Time Brasil na final, as paraguaias Veronica Cepede e Montserrat Gonzalez, que também enfrentaram a equipe brasileira no ano passado, em Assunção.

“Nós conhecemos bem a equipe do Paraguai. A Cepede e a Montserrat viajaram comigo na equipe da ITF quando juvenis. É uma equipe forte, perdemos delas ano passado, mas agora é a revanche. Vamos entrar com tudo, pensamento positivo. A gente vem de três vitórias, elas vem de duas, então, estamos mais confiantes. Será difícil, mas se mantivermos a mesma união e confiança, temos grandes possibilidades”, concluiu Burzagli.
Nico Cabeleireiro

Compartilhe e faça seu comentário