PMTL - REFIS - 12/11 a 30/11

Primeiro mês do parcelamento de multas teve 1,2 mil renegociações

Facebook Twitter

Primeiro mês do parcelamento de multas teve 1,2 mil renegociações

Mais de 1,2 mil pessoas optaram pelo parcelamento de dívidas com veículos cadastrados pelo Detran (Departamento Estadual de Trânsito) de Mato Grosso do Sul, no primeiro mês da disponibilização do serviço. Com a nova medida, donos de automóveis registrados em MS podem parcelar dívidas, como multas de trânsito, em até 12 vezes.

A mudança foi publicada pelo Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) em seu artigo 12 da portaria 149 de 2018 e busca atender a demanda de débitos em atraso. Ao todo, 1.204 pessoas procuram um dos locais de atendimento do órgão para regularizar a situação de seus veículos.

Aqui no Estado, até o momento, o Termo de Cooperação Técnica e Permissionamento não Oneroso foi assinado com a empresa Esmeralda Serviços Digitais Ltda, a PinPag. As dívidas podem ser parceladas em um processo que permite a utilização de até três cartões de crédito diferentes – se o processo for necessário para atingir o limite de cada cartão.

De acordo com o diretor-presidente do Detran-MS, Roberto Hashioka Soler, já existe um novo processo de credenciamento para que uma nova empresa atue no parcelamento dos débitos, com objetivo de facilitar ainda mais o serviço aos proprietários de veículos na quitação dos valores.

Em Campo Grande, os contribuintes podem procurar uma das cabines instaladas na sede do Detran-MS, na saída para Rochedo, a agência do Pátio Central, ou uma das dez unidades localizadas em Despachantes da Capital.

No interior, o parcelamento pode ser feito em Amambai, Bonito, Coxim, Dourados, Naviraí, Sidrolândia e Três Lagoas, sendo que a previsão é que até o começo do próximo ano todo o Estado disponha do serviço. O endereço de cada uma das unidades podem ser consultadas na página do órgão, na internet (www.detran.ms.gov.br).
AEMS - Novembro 2018

Compartilhe e faça seu comentário