PMTL - Natal Mágico - 06 a 14/12

Disque Denúncia divulga cartaz e pede informações sobre procurado por estupro de criança de 4 anos

Facebook Twitter

(Foto: Divulgação/Disque Denúncia)

Disque Denúncia divulga cartaz e pede informações sobre procurado por estupro de criança de 4 anos

Disque Denúncia divulga cartaz de jovem procurado por estupro de criança de 4 anos

Portal dos Procurados divulgou nesta quinta-feira (8) um cartaz com recompensa de R$ 1 mil por informações que levem à prisão de Eduardo Gonçalves de Souza, de 19 anos. Segundo familiares, ele confessou o estupro de uma criança de 4 anos. Eduardo é considerado foragido da Justiça.

O crime teria acontecido na madrugada do domingo (5), depois que a mãe da menina, uma empregada doméstica, a deixou na casa da patroa na Taquara, Zona Oeste do Rio, para resolver problemas pessoais.

Segundo familiares da vítima, a mãe da criança percebeu alguma coisa errada com a filha, após ir buscá-la manhã de domingo (5), vendo que a menina estava mancando.

A menor foi levada ao hospital e após intervenção médica recebeu 22 (vinte e dois) pontos internos e oito pontos externos na região pubiana. Ela permanece internada.

A polícia investiga se Eduardo teria praticado o estupro em represália pelo fato da empregada ter encontrado, por diversas vezes, drogas juntos aos pertences do autor do estupro. Com a comunicação do crime à polícia, a mãe e o padrasto do jovem retiraram diversos objetos da casa e fugiram conduzindo Eduardo para local ignorado.

O G1 conversou com o pai da vítima sobre o episódio, que aconteceu no sábado (4). Ele disse que a mãe da criança, sua ex-esposa, buscou a filha na manhã de domingo (5) e percebeu que a criança estava mancando.

“Minha ex-esposa trabalhava na casa da mãe do Eduardo há 3 anos. No sábado, ela precisou resolver uma situação. A chefe dela falou: ‘Pode deixar ela aqui, eu vou levar ela no shopping para passear’. E minha esposa deixou ela lá”, contou o pai.

“Aí, no domingo de manhã, quando minha ex-esposa chegou à residência, a minha filha estava deitada no sofá da sala. Elas foram embora e minha filha começou a mancar. Minha ex-mulher perguntou o que tinha acontecido, e ela falou que tinha machucado na brinquedoteca. Aí a mãe dela falou: ‘Mas você não foi lá, fala a verdade’. Ai ela falou que foi o Eduardo que a machucou e apontou para as partes íntimas dela”, completou.

Eduardo Gonçalves negou em um primeiro momento, mas admitiu ter violentado a criança usando suas mãos. A menina teve que ser internada e passou por um procedimento cirúrgico, onde teve que receber mais de 20 pontos.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização de Eduardo Gonçalves, pode denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; Central de Atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177; através do Facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/; e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ. A recompensa só será paga com informações passadas para os canais acima relacionados.

Todas as informações serão direcionadas para 32ª DP, que ficou encarregada das investigações e do inquérito criminal.


AEMS - Novembro 2018

Compartilhe e faça seu comentário