PMTL - REFIS - 12/11 a 30/11

Fibria amplia estrutura de salas de estimulação contra o sono em Mato Grosso do Sul

Facebook Twitter

Foto - Divulgação

 Fibria amplia estrutura de salas de estimulação contra o sono em Mato Grosso do Sul

Unidade de Estimulação contra o sono

 A Fibria, líder mundial na produção de celulose de eucalipto a partir de florestas plantadas, tem como objetivo permanente incentivar o comportamento seguro de suas equipes em todas as operações da empresa. Uma das iniciativas, que vêm trazendo resultados expressivos, é a sala de estimulação contra o sono, que ganhou importante reforço com a implantação de mais duas unidades pela Fibria. Agora, as três salas possuem capacidade para atender juntas, mensalmente, 1.200 motoristas das empresas que prestam serviço no transporte de madeira para a Fibria em Mato Grosso do Sul.

Em 2017, quando a empresa contava com apenas uma sala, foram realizados 8.977 atendimentos. Devido ao bom resultado e a conclusão da construção da nova fábrica da Fibria em Três Lagoas (MS), a empresa passa a contar com três salas que atenderão as regiões de Três Lagoas e de Água Clara. “Os motoristas reconhecem a sala de estimulação contra o sono como uma importante ferramenta de segurança para redução de acidentes nas rodovias e participam ativamente das ações e atividades realizadas em cada uma das Salas montadas pela empresa”, afirma o coordenador de Logística Florestal da Fibria, Rodrigo Sugske.

As três salas contam com recursos e profissionais que auxiliam os condutores em atividades voltadas para o seu bem-estar e a segurança no trânsito, além de realizar exercícios para estimulação contra o sono. A estrutura consiste em um trailer equipado com bicicleta ergométrica, simulador de escadas, painel de luzes e instrumento de aferição arterial. Esses equipamentos formam um circuito de atividades que é concluído em 20 minutos pelos motoristas da empresa, sempre com o acompanhamento de profissionais da área da saúde e educação física.
 
Em 2017, além dos motoristas que prestam serviços para a Fibria, a sala também auxiliou a Polícia Rodoviária Federal (PRF) na base no quilômetro 21 da rodovia BR 262. Ao abordar os motoristas, caso os policiais percebessem a necessidade, os condutores também eram convidados a realizar o circuito, permitindo o reforço da atenção dos motoristas e maior segurança no trânsito.
Nico Cabeleireiro

Compartilhe e faça seu comentário