PMTL - FESTA DO FOLCLORE de 13/08 a 18/08

Sindicato dos Servidores participa de sessão da Câmara antecipada para esta segunda-feira (11)

Facebook Twitter

Rayani Santa Cruz

Sindicato dos Servidores participa de sessão da Câmara antecipada para esta segunda-feira (11)

Sessão da Câmara desta segunda-feira (11)

A sessão ordinária da Câmara Municipal de Três Lagoas  que seria realizada no próximo dia 12 de junho, terça-feira, foi antecipada para esta segunda-feira, dia 11, às 9h.

De acordo com informações da Assessoria, a alteração da data ocorreu devido ao pedido formulado pelos vereadores que estarão em Brasília na terça-feira, junto ao Prefeito Angelo Guerreiro, para requisitar emendas para o município.

Em meio a essa situação estão os servidores públicos municipais que foram convocados pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SSPM) a comparecerem e participar da sessão.

Na página da rede social do SSPM, foi afirmado que  os servidores estarariam em peso na Casa de Leis e acompanharão o voto de cada vereador/a, pois houve a apresentação do projeto de lei N° 50 que coloca o último acordo coletivo para ser votado em regime de urgência na Câmara Municipal.

O Sindicato junto aos filiados estão exigindo que o projeto seja retirado do regime de urgência para que eles possam retomar as tratativas do acordo coletivo com o Executivo.

Os servidores também lembraram que na sessão do dia 05/06, quase todos os parlamentares se manifestaram a favor  e apoiaram a luta dos servidores por melhores salários, reconhecimento e valorização.

Voto pelo Estado de Greve

O sindicato realizou Assembleia Geral na última  sexta-feira (8), e os servidores decidiram pelo Estado de Greve alegando como motivo o fim do acordo coletivo emitido em documento pelo Executivo.

Conforme um vídeo divulgado na página oficial do Sindicato, a contraproposta apresentada pelo executivo foi apresentada como definitiva e segundo Antônio Carlos Modesto ela elenca 3% de reajuste salarial somente para servidores efetivos, reajuste de R$ 12,50 para 13,50 para vale refeição, congelamento dos valores do cartão alimentação e reajuste zero para os comissionados.

A documentação com a contraproposta foi apresentada  na quinta-feira de manhã (7) ao Sindicato pelo secretário de finanças e interino da Secretaria Geral Cassiano Rojas Maia. Para Modesto a decisão definitiva de negociação  não beneficia toda a categoria.

Dessa forma a semana começa com os servidores em Estado de Greve com exceção da Rede Municipal de Educação, que continua os trabalhos em sua normalidade.
Nico Cabeleireiro
SEGOV - Outubro - Agência BW3

Compartilhe e faça seu comentário