Procurado por atropelar criança diz que não se entregou antes por medo devido à ameaças

Facebook Twitter

Procurado por atropelar criança diz que não se entregou antes por medo devido à ameaças

Foto - Reprodução Facebook

Flávio de Souza Mendonça, de 37 anos, procurado pela justiça há mais de um mês, devido o atropelamento de Melina, de 3 anos, se entregou a Policia Civil de Três Lagoas (MS).

Conforme as primeiras informações, o homem, ciente que já havia um mandado de prisão em seu nome, diz não ter se entregado antes devido as ameças que veio a sofrer por conta do acidente que resultou na amputação da perna da criança.

Flávio compareceu ao local acompanhado de sua advogada sendo encaminhado posteriormente a Penitenciária de Segurança Média, onde responderá pelos crimes de lesão corporal dolosa e condução de veículo automotor com capacidade psicomotora alterada (ingestão de bebidas alcoólicas).

Relembre o caso

No dia 04 de março de 2018, Melina foi atropelada por um veículo Cross Fox enquanto brincava com outras crianças na calçada de sua residência, localizada no bairro Vila Haro, em Três Lagoas - MS.

Com o impacto da batida a vítima foi arrastada e prensada sobre o muro, sofrendo lesões pelo corpo, sendo a mais grave, em uma das pernas.

Testemunhas acionaram o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) que auxiliaram a criança no resgate e durante o percurso até o Hospital Auxiliadora, onde foi encaminhada de imediato.

Após constatada a gravidade dos ferimentos a família foi avisada sobre o procedimento de amputação e a necessidade de transferência para a cidade de Campo Grande –MS, por meio de uma UTI móvel.

Nico Cabeleireiro
PMTL - CIDADE EM OBRAS 09 a 31/07

Compartilhe e faça seu comentário