Suspeito de assassinar universitária a facadas é preso em Pereira Barreto-SP

Facebook Twitter

Foto: Divulgação

Suspeito de assassinar universitária a facadas é preso em Pereira Barreto-SP

Jean Gomes de Meneses Santana de 27 anos, principal suspeito de ter assassinado a universitária Maria Júlia Martins de 17 na saída de sua casa no município de Ilha Solteira foi preso na manhã desta quarta-feira (11) em Pereira Barreto.

As forças policiais paulistas estavam em diligências desde segunda-feira (9), data em que o crime ocorreu, pois Jean havia fugido da cidade.

Conforme o G1 de Pereira Barreto, o delegado Miguel Rocha, disse que um mandado de prisão temporária foi expedido contra o suspeito.

"Ele foi identificado por pessoas andando na cidade e elas acionaram a polícia. Ele será encaminhado para a delegacia de Ilha Solteira, onde vamos colher o depoimento dele sobre o caso", afirmou o delegado.

Jean estava foragido desde o dia do crime. Um primo, que segundo a polícia ajudou na fuga, chegou a ser preso, mas saiu após o pagamento de fiança de um salário mínimo.

O CRIME

A universitária Maria Júlia Quintino da Silva, de 17 anos, ingressante no curso de zootecnia, da UNESP de Ilha Solteira-SP, foi morta a facadas no início da tarde de segunda-feira (9) após sair de casa em direção a faculdade.

O suspeito golpeou a vítima com diversas facadas, atingindo, principalmente, a região das costas e pescoço. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu no local.
Nico Cabeleireiro
PMTL - CIDADE EM OBRAS 09 a 31/07

Compartilhe e faça seu comentário