Prefeitura Aniversário Três Lagoas

Universitários vendem 600 marmitas a R$ 2,50 em protesto à qualidade de restaurante

Facebook Twitter

G1

Universitários vendem 600 marmitas a R$ 2,50 em protesto à qualidade de restaurante

Estudantes da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), em Campo Grande, venderam 600 marmitas a R$ 2,50 em protesto à qualidade da comida servida pelo mesmo valor no restaurante da instituição.

A instituição diz que aguarda análise do jurídico sobre a notificação à empresa que administra o restaurante, há uma equipe da reitoria desde sexta-feira (9) no local para registro de possíveis ocorrências e está sendo cobrado o cumprimento de contrato. Houve ainda reunião entre a UFMS e um grupo de estudantes.

As marmitas vendidas pelos estudantes foram preparadas por um grupo de 15 alunos. Segundo eles, o custo foi o mesmo do valor cobrado pelo restaurante: R$ 250. As fichas foram vendidas antecipadamente e a refeição distribuida em frente ao local.

Os universitários dizem que pelo valor pago pela refeição no restaurante, a comida poderia ser melhor. Já houve denúncias sobre as condições dos alimentos e há reclamação ainda sobre a não conclusão de obras no local.
Nico Cabeleireiro
Fibria Grupo A de comunicação - Junho 2018 - Até dia 30

Compartilhe e faça seu comentário