MS inicia 2018 com celulose em 1º nas vendas externas e como 2º maior exportador nacional do produto

Facebook Twitter

Divulgação / Fibria

MS inicia 2018 com celulose em 1º nas vendas externas e como 2º maior exportador nacional do produto

O ano de 2018 começou com uma novidade na balança comercial de Mato Grosso do Sul. Em janeiro a celulose assumiu a liderança do ranking estadual de exportações, deixando a soja, primeira até então, na segunda posição. Além disso, o volume de vendas internacionais, manteve o estado neste início de ano como o segundo maior exportador brasileiro do produto, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

De acordo com o MDIC, no primeiro mês do ano, o estado vendeu US$ 327,591 milhões em produtos para o exterior. Desse total, 39,35%, o equivalente a US$ 128,935 milhões, foram resultado de embarques de celulose. A receita foi mais que o dobro da soja, que liderou o ranking estadual durante boa parte do ano passado e caiu neste início de 2018 para a segunda posição, com vendas de US$ 47,903 milhões, ou 14,62% do total do estado.

Com esse faturamento, Mato Grosso do Sul se manteve em janeiro como o segundo maior exportador brasileiro de celulose. Os embarques do estado representaram 18,06% dos US$ 713,609 milhões vendidos do produto pelo país neste período. O faturamento das empresas sul-mato-grossenses foi superado apenas pelo registrado pelas indústrias baianas, que no mesmo intervalo de tempo comercializaram para o mercado internacional US$ 161,302 milhões, ou 22,60% do total.

Conforme os dados do ministério, a celulose “Made in MS” foi vendidas para 25 países neste primeiro mês de 2018, sendo o grande comprador a China. A comercialização para o país asiático resultou em US$ 66,883 milhões, ou, 51,87% da receita total.

Em comparação com janeiro de 2017, quando Mato Grosso do Sul exportou US$ 96,855 milhões, os embarques deste começo de 2018 representam um incremento de 33,12%.
Nico Cabeleireiro
PMTL - CIDADE EM OBRAS 09 a 31/07

Compartilhe e faça seu comentário