PMTL - QUEIMADAS - 07/05 a 19/05

Preso em Bataguassu é ouvido por videoconferência em júri no Paraná

Facebook Twitter

Divulgação

Preso em Bataguassu é ouvido por videoconferência em júri no Paraná

Mais uma vez evitando deslocamento de um preso e utilizando da tecnologia, o Poder Judiciário de MS realizou, por videoconferência, o depoimento de um réu, que cumpre pena na comarca de Bataguassu, em seu julgamento do Tribunal do Júri realizado no Estado do Paraná. A sessão do júri do acusado de homicídio H.A.R. ocorreu, na tarde desta quarta-feira (7), em Sarandi-PR, mas ele foi ouvido e acompanhou tudo, remotamente, no Fórum de Bataguassu.

A tecnologia utilizada pelos dois Estados da Federação é semelhante, o que permitiu a realização do ato judicial a distância. Isto evitou o deslocamento de 300 km do réu, com escolta da polícia, já que ele cumpre pena em regime semiaberto em Bataguassu, pelo crime de tráfico de drogas. Não havendo custos ao Poder Público.

A iniciativa aconteceu em resposta a uma Carta Precatória, encaminhada pelo juízo de Sarandi, para o foro de Bataguassu. O pedido foi acatado e a videoconferência foi viabilizada pelo juiz da 1ª Vara da comarca, Marcel Goulart Vieira.

H.A.R. participou de todo o julgamento em uma sala do fórum de Bataguassu e ouviu o veredito do juiz de Sarandi, que foi de 15 anos de reclusão em regime fechado. Ele responderá em liberdade, pois foi impetrado recurso.

O caso

O crime aconteceu em 2007, na cidade de Sarandi-PR, quando o acusado desferiu cinco tiros contra C.M. da C, 26 anos. Ela seria usuária de drogas.


Nico Cabeleireiro
Prefeitura de Ribas - maio - 2018

Compartilhe e faça seu comentário