População do MS já pode receber alertas de desastres naturais por SMS

Facebook Twitter

Internet

População do MS já pode receber alertas de desastres naturais por SMS

A partir da segunda-feira (15), a população de Mato Grosso do Sul passará a receber avisos por mensagens de celular em caso de desastres naturais. O Serviço de Alertas por SMS é gratuito e coordenado pelo ministério da Integração, em parceria com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e operadoras de telefonia móvel. O objetivo é orientar a população quanto aos procedimentos a serem adotados diante do risco de inundações, alagamentos, temporais ou deslizamentos de terra, entre outras ocorrências.

O procedimento também valerá para os estados de Goiás e Minas Gerais, e já está em pleno funcionamento nos estados do Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Rio Grande do Sul. “Temos buscado tecnologias que permitam à população estar informada de forma preventiva”, destacou o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, na ocasião do implantação da terceira fase do sistema. “Com a informação, com a tecnologia, podemos poupar vidas e diminuir todos os impactos dos desastres naturais que acontecem pelo Brasil”. Desde o lançamento, em fevereiro de 2017, foram enviadas 19.387 mensagens de alertas, informando comunidades sobre o risco de desastres. Nos seis estados onde o serviço está ativo, já são 1,8 milhão de celulares cadastrados.

Serviço
 
De acordo com o ministério, a mensagem de cadastro começa a ser enviada a partir do dia 15 de janeiro, para todos os telefones celulares ativos nos três estados e deve conter o seguinte conteúdo: “Defesa Civil Nacional informa: novo serviço de envio de SMS gratuito com alertas de área de riscos. Para se cadastrar responda para 40199 com CEP de interesse”. Ao responder indicando o CEP, o celular do usuário já está apto para receber alertas da Defesa Civil. É permitido cadastrar mais de um CEP.
 
Os alertas serão produzidos e enviados pelo Cenad, em parceria com os órgãos de Defesa Civil de estados e municípios, assim que forem identificadas situações de riscos que possam acarretar desastres naturais. A qualquer momento, se o usuário desejar, também é possível cancelar o serviço por mensagem de texto.
 
“Se o morador, eventualmente, não receber o SMS, ele mesmo pode enviar o CEP para o 40199, por mensagem gratuita, e solicitar sua adesão. A partir daí receberá as informações da Defesa Civil”, explicou o ministro Helder Barbalho. “Com o sistema consolidado, seguiremos avançando para que até o mês de março todos os estados do Brasil estejam disponibilizando o serviço, a fim de evitar vítimas, danos e, de um modo geral, diminuir os efeitos dos desastres naturais no Brasil”.
Nico Cabeleireiro
AEMS - Novembro

Compartilhe e faça seu comentário