“Boca de fumo” de Brasilândia é fechada durante trabalho conjunto entre a PM e Polícia Civil

Facebook Twitter

Foto: Divulgação Polícia Civil

“Boca de fumo” de Brasilândia é fechada durante trabalho conjunto entre a PM e Polícia Civil

Cocaína e crack foram encontrados na propriedade do suspeito.

Um trabalho em conjunto de Policiais Civis e Militares do município de Brasilândia   distante a 54 Km de Três Lagoas, culminou no fechamento de uma boca de fumo que funcionava em um bar no reassentamento João André, conhecido como “Toca da Raposa”.  O dono do bar foi preso em flagrante por tráfico de drogas.

De acordo com informações do Delegado Thiago Passos, a ação iniciou quando a polícia militar realizou a abordagem de um suspeito identificado como  Genilson Zeferino dos Santos, 39 anos conhecido na região como “Lagoa”. Ele estava acompanhado de três pessoas, sendo duas delas adolescentes.

Durante buscas nas proximidades, os militares encontraram um tablete de maconha  pesando 21 gramas. A droga havia sido dispensada por alguém do  grupo  na tentativa de escapar da abordagem. Com isso, os quatro envolvidos foram encaminhados até a Delegacia de Polícia.

Fechamento da Boca de Fumo

Já na Delegacia, o suspeito confessou ao Delegado de plantão que estava, vendendo drogas e que possuía algumas pedras de crack em seu estabelecimento, distante a alguns quilômetros do centro.

Equipes da Polícia Civil e Militar se deslocaram até o endereço, e durante verificações apreenderam 25 pedras de crack e quatro papelotes de cocaína, inclusive parte da droga estava escondida em um pote de arroz.

“Lagoa” foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, preso e  recolhido a uma das celas provisórias da Delegacia de Polícia Civil de Brasilândia. Se condenado estará sujeito a uma pena de até 15 anos de reclusão.    

A Polícia Civil pede que a população que colabore e denuncie por meio do número 67 99987 9169. A ligação é anônima e o sigilo é absoluto.

Nico Cabeleireiro
AEMS - Novembro

Compartilhe e faça seu comentário